Análise do Volante Logitech G27 Racing Wheel

Análise do Volante Logitech G27 Racing Wheel

Volante de Corrida Logitech G27

Introdução

Darwin teorizou que o processo de evolução poderia causar a uma espécie uma melhora ao longo do tempo, com características mais eficazes e mais forte, enquanto que os mais fracos ou inúteis seriam eliminados. Esta teoria também se reflete na indústria de videogames — apesar de aceitar que, para cada três passos à frente, pode ser que um seja dado errado — ou até mesmo ser dado um passo para trás. Embora a notícia da existência deste volante foi acidentalmente filtrada duas vezes, hoje a Logitech oficialmente revela a sua contribuição para a teoria de Darwin: o novo Logitech G27 Racing Controller, uma versão evoluída do excepcional G25, lançado em 2006. Até então, o G25 foi o maior presente que a Logitech deu para a comunidade de simulação de corrida, oferecendo uma sólida qualidade de fabricação, uma nova lista de especificações e componentes de metal duráveis, tudo envolvido por uma atrativa aparência em couro e aço, que o fizeram o campeão em sua categoria.

Apesar de tudo, o G25 não era perfeito. Avaliadores e consumidores perceberam vários itens que poderiam ser melhorados. E os engenheiros da Logitech deram ouvidos. Com o tempo, os planos foram criados para produzir uma versão melhorada do G25, uma que atendesse os comentários críticos da comunidade de simulação de corrida. O G27 substitui o G25 na linha de controladores de corrida da Logitech; com o G27 chegando às prateleiras no próximo mês de Setembro (Europa será em seguida, provavelmente em Outubro). Recentemente a SimHQ pôs as mãos em um G27, e fizemos um teste completo, permitindo-nos compartilhar com vocês a avaliação que fizemos do produto.
 

Os Controladores de Corrida da Logitech G25 e G27
Os Controladores de Corrida da Logitech G25 e G27

Vídeo de Avaliação do Logitech G27

Como o G27 foi construído baseado nas especificações do G25, a nossa análise será focada nas diferenças entre os dois produtos — diferenças essas que melhoram e diminuem a sua experiência de simulação de corrida. Se você não está familiarizado com o G25, por favor confira a nossa série completa aqui. Agora, vamos mergulhar no mais novo produto da Logitech, analisando as novas características do G27.

Características Únicas do Produto G27

Mais Botões no Volante

Uma crítica comum ao G25 foi que, apesar de oferecer um total de 10 botões programáveis e um D-pad de 8 direções,  somente dois desses botões foram colocados no próprio volante. Os outros permitiam grandes possibilidades de programação, mas exigiam que  você tirasse a sua atenção da pista e tirasse uma mão do volante para utilizá-los. Agora o G27 possui quatro botões adicionais no volante de couro de 11 polegadas. Isso exigiu raios de metal mais largos no volante, mas esse aumento foi minimizado usando botões menores.

Luzes e Botões do Centro do Volante

Luzes e Botões do Centro do Volante

LEDs rpm Instalados no Volante / Luzes de Troca de Marcha

Em cima da parte central do volante se encontra um elegante painel de 10 LEDs, com 5 pares de luzes de acendem progressivamente do verde para o amarelo e para o vermelho, indicando a rpm aproximada e a chegada ao ponto desejado de troca de marcha. A lista de LEDs simulam o a maneira em que os carros de Formula 1 exibem aos seus pilotos a rpm aproximada e o ponto de troca de marcha, sendo uma brilhante adição ao G27. Para que eles funcionem, é necessário que o simulador de corrida ofereça suporte a esta característica. A Logitech criou um kit de desenvolvimento de software (SDK) para as equipes de desenvolvimento de simuladores, e agora os jogos estão aparecendo com suporte a esta característica. O G27 vem com uma versão do rFactor que suporta o uso dos LEDs, SimBin que já possui o suporte ao rpm/troca de marcha incluso e nas versões Steam do Race ‘07 e GTR Evo, e outros títulos que estão a caminho também terão suporte. O LED de rpm/troca de marcha pode ser particularmente útil para as pessoas que preferem pilotar em um modo diferente da visão de cockpit.

O G25 e o G27 Usam a Mesma Caixa

O G25 e o G27 Usam a Mesma Caixa

Marchas com Force Feedback Helicoidal

OK, você provavelmente está se perguntando o que diabos é uma marcha helicoidal. Marchas helicoidais têm os entalhes de cada dente em um ângulo não perpendicular ao disco. Faz sentido? Não? Bem, como uma foto diz mais que mil palavras, então verifique estes dois vídeos:

O sistema de force feedback do duplo motor do G25 usava o convencional corte-direto ou engrenagens "spur" na transmissão do FFB. Eles são simples de fabricar, mas como sabemos eles pode ser barulhentos e causar vibração quando as engrenagens giram rapidamente, devido à frequência com que os dentes fazem contato uns com os outros.

Agora vamos dar uma olhada em um conjunto de marchas helicoidais. Os dentes em ângulo permitem maior frequência de contato entre si, resultando em um force feedback mais suave, silencioso e com menor vibração. Mas a mudança para engrenagens helicoidais fez a Logitech apertar ainda mais a tolerância de fabricação. Engrenagens Helicoidais, combinadas com uma transmissão baseada em dois conjuntos de rolamentos de aço, ajudam o G27 a evoluir em termos de suavidade e eficiência de volante.

Nova Geometria da Palheta de Trocas

O G27 vem com uma palheta de troca de micro-interruptor ampliada e que agora é externa ao eixo do volante.  Os pinos do micro-interruptor ficam projetados da caixa, o que os deixa menos vulneráveis à poeira ou danos.

Palhetas de Trocas do G25

Palhetas de Trocas do G27

Mudanças na Geometria dos Pedais

Com todos os três no mesmo plano, era muito difícil fazer o movimento do calcanhar e dedo para a troca de marchas. Era necessário colocar o pedal do acelerador um pouco para trás, de modo que o pé do piloto não tocasse nele até que o pedal do freio fosse ligeramente liberado. Novamente os engenheiros da Logitech ouviram o público, e no G27 os pedais de freio e embreagem foram movidos para a frente com a ajuda de um bloco espaçador de 13 mm, que fica atrás da superfície do pedal, permitindo uma troca de marchas mais natural e eficiente.

Pedais do G27 e do G25

Pedais do G27 (esquerda) e do G25

Pedais do G25 e do G27

Pedais do G25 (esquerda) e do G27

Locais das Superfícies dos Pedais Ajustáveis

Ao incluir dois conjuntos adicionais de buracos para parafusos em cada acionador de pedal, os usuários agora podem ajustar o local da superfície dos pedais do G27, de modo que melhor se ajuste aos movimentos dos pés. Cada G27 vem com as superfícies dos pedais aparafusadas ao centro, mas com o uso de uma chave Allen da sua caixa de ferramentas, os pilotos podem alterar a posição de cada pedal em cerca de 0,6 centímetros para a direita ou esquerda. Esta é uma característica muito bem-vinda já que os pés são de todas as formas e tamanhos.

Blocos Espaçadores do Pedal do G27

Blocos Espaçadores do Pedal do G27

Furos de Ajuste do Pedal do G27

Furos de Ajuste do Pedal do G27

Melhoria na Sensação de Troca de Marchas

O modo duplo de troca de marcha tradicional padrão H/sequencial era uma versátil e ambiciosa característica do G25, mas o que parecia ser a parte mais atraente do produto, se tornou o calcanhar de Aquiles do G25. Algum design necessário comprometeu o modo de câmbio convencional padrão H, com uma fraca e e vaga sensação de que aquilo parecia simular uma marcha feita de massa cozida e que estava prestes a se quebrar, mesmo com as suas partes móveis fabricadas em aço. O G27 resolve esses problemas com um projeto completamente redesenhado para a unidade de troca de marchas, dando uma sensação de maior tranquilidade e mais positiva durante o uso da marcha tradicional padrão H. Ele também elimina o pequeno barulho de clique, o que o fazia parecer com um brinquedo barato.

Os Passadores de Marcha do G25 e G27

Os Passadores de Marcha do G25 e G27

Especialização do Passador de Marchas

Assim como o projeto do Câmbio de Marchas do G25 precisou de ajustes, o do G27 também precisa. Aumentar a firmeza e ação positiva do padrão H não somente significa ajustar a tensão em algumas molas, mas também eliminar os conflitos de hardware. Depois de muito escrever e discutir, a equipe da Logitech decidiu que, para que o padrão H atenda ao seu objetivo, o passador sequencial teve que ser eliminado. Sim, você leu corretamente: O G27 não tem opção para a transmissão sequencial de um moderno carro de corrida, a menos que você use o passador de marchas do volante.

Novo Software

O G27 vem com o Logitech Profiler versão 5.05 e um DVD rFactor com o suporte a LED. Como os outros produtos da linha de volantes da Logitech, o G27 é compatível com PC e as plataformas de jogos PS3 e PS2. Felizmente a nova calibração de volante do Profiler/Interface Gráfica de teste não possui mais aqueles efeitos sonoros explosivos quando cada botão era ativado, permanecendo em silêncio durante as verificações de FFB.

O passador sequencial será o motivo principal das críticas do G27. Como muitos pilotos de simulação, eu particularmente gosto de simuladores de corrida que simulem modernos carros GT, resistentes e de passeio. Estes tipos de carros utilizam um passador de marcha de duas posições, para mudanças para cima e para baixo, que fica instalado na carroceria. O modo de passagem sequencial do G25 era ideal para simular este tipo de transmissão de corrida. Considerando que o objetivo de qualquer experiência de simulação de corrida é a tentativa de alcançar as ações mecânicas básicas das operações de um carro, a Logitech desciudadosamente removeu a possibilidade de simular uma vasta gama de modernos carros de corrida com o seu principal volante de corrida. E abandone todas as esperanças quem atualizar para o G27: O passador do G25 não é compatível com o firmware do G27. Sim, eu já perguntei a eles.

 

Muitos usuários estavam esperando que a Logitech mantivesse o G27 compatível com o Xbox 360, PS3 e PC. Entretanto, não aconteceu. Embora este elemento não tire as outras conquistas do G27, ele nos deixa querendo mais em termos de versatilidade do produto.

Melhorando a Espécie

Características e consertos que a Logitech deveria implementar no próximo G2x

Dar aos botões instalados no volante uma sensação tátil única. Fornecer formas ou variações nas texturas nas superfícies dos botões, como rugas no estilo do Braille, para dar uma sensação tátil única. Também deixá-los localizados longe da beira do volante para garantir uma operação ergonômica. Produtos futuros podem incluir um ou dois botões rotativos, como os que os carros de F1 possuem.

Melhorar a sensação e resposta do force feedback no centro do volante.  A ação suave e silenciosa da tração é boa, mas não ao custo de uma sensação nula no centro do volante, que comprometa a linha de condução e incremente a carga de trabalho.

Uma unidade de visor de LED/LCD driver mais funcional e que seja destacável. UEssencialmente um pequeno visor LCD, monocromático no estilo MOTEC que se comunicaria com o jogo seria o máximo. Algo somente 3x maior que um relógio de pulso provavelmente seria o suficiente, e pudesse mostrar coisas como o rpm, velocidade, marchas e voltas restantes.

Refinamento do Pedal. Os pedais são muito bons em suas formas atuais. Talvez o próximo produto esteja no momento de introduzir um pedal de embreagem com resistência reversa, force feedback no pedal do freio para reproduzir o bloqueio de rodas ou o ABS, ou um freio com sensor de força em vez de um potenciômetro.

Incluir um Passador Sequencial. De uma forma ou de outra, o passador sequencial precisa retornar no próximo produto da Logitech.

Fornecer uma alavanca de freio de mão. Para dar um melhor suporte a simulações de rally, drifting e off-road simulations, uma pequena alavanca de freio de mão é necessária.

Desenvolver um volante de force feedback racing wheel que seja compatível com PC, PS3 e Xbox 360. Cada vez mais os jogos de simulação de corrida estão sendo lançados para o Xbox 360 e o PS3, e a demanda para um único volante de qualidade que possa ser utilizado tanto em PC quanto em Xbox continuará a aumentar.

Logitech Profiler para Iniciantes. Oferecer configurações específicas de jogo sob-medida e sugestões, como também tutoriais ou dicas de ferramentas sobre cada função e como os jogos reagirão de acordo com as mais variadas configurações. Trabalhar com desenvolvedores de simuladores de corrida e os principais pilotos de simuladores para incluir as suas configurações específicas de jogo para maximizar a experiência sem excessiva pesquisa ou tentativas e erros feitas por iniciantes.

Logitech G27

Conclusão

Apesar de anos de previsões dos gurus da mídia sobre o fim do gênero de simulação, a Logitech continua seu excelente suporte a nossa pequena e requisitante comunidade (e às vezes irritante) com mais outro controlador de corrida de excelente qualidade, repleto de novidades e bem produzido, melhorando a sua espécie.

Embora este último esforço seja meramente uma versão evoluída do já excelente volante G25, o G25 reafirma o comprometimento da Logitech e desejo de satisfazer as necessidades dos pilotos de simuladores. No todo, o G27 contém todas as coisas boas do G25, e acumula melhorias e uma série de características altamente desejadas. Os pedais são fantásticos. O volante é praticamente uma obra de arte, tanto dentro como fora. O G27 ainda é outro produto que a equipe da Logitech pode se orgulhar e algo que a comunidade de simuladores irá apreciar. Mesmo com todas as melhorias, o conjunto de funções do G27 falhou em dar um grande passo à frente, e deu um infeliz passo para trás.

Com a aparição de títulos de corrida de nível de simuladores no Xbox 360 tais como o Race Pro e o Forza Motorsports 3, a Logitech falhou em produzir um volante que fosse multi-compatível com os principais consoles de jogos  atrapalha o crescimento do gênero de simuladores de corrida em uma importante junção. Para fãs do moderno GT ou corrida de carros de passeio, a decisão de omitir o passador sequencial será um grande desapontamento. Essa omissão pode ser o suficiente para que os usuários permaneçam com os seus G25 — ou leve-os a produtos rivais que ainda oferecem essa opção. Nós apenas podemos esperar que os engenheiros da Logitech estejam lendo esta análise e recebm a mensagem: Nós precisamos de um volante multi-plataforma de qualidade, e nós precisamos do nosso passador sequencial de volta! (... e um freio de mão também seria interessante).

Assento Logitech G27

GO TO THE SHOP